Huawei Brasil diz ter estoques para atender os compromissos locais

A Huawei Brasil diz ter estoques suficientes para atender os clientes locais, em linha com o que falou o chairman da companhia mais cedo hoje, 23, durante evento ocorrido em Xagai, na China. O grupo chinês é alvo de sanções do governo dos Estados Unidos, onde está impedida de comprar suprimentos.

Conforme Atílio Rulli, Diretor Senior de Relações Públicas e Governamentais da Huawei Brasil, a situação dos estoques no país está “em linha com o que é visto no resto do mundo”. A Huawei produz localmente 40% dos equipamentos que vende às operadoras, ISPs e empresas brasileiras.

No evento global realizado mais cedo, o chairman Guo Ping disse que a empresa tem capacidade de atender a demanda atual dos clientes, embora tenham admitido que o futuro será desafiador.  Rulli ressaltou que nas últimas semanas algumas empresas obtiveram licenças para continuar fornecendo componentes para a Huawei, o que foi benéfico para a companhia.

O executivo afirmou também que, embora esteja sob embargo norte-americano desde o ano passado, os resultados globais foram pouco afetados. “Nossas vendas cresceram 19% em 2019 e 13% no primeiro semestre deste ano”, disse. Segundo ele, a subsidiária brasileira segue a estratégia mundial para lidar com a questão, e o objetivos de negócio seguem inalterados.

No ano passado, a fabricante inaugurou aqui uma nova unidade de negócio, focada em Nuvem e Inteligência Artificial. Ao longo deste ano, estabeleceu 20 memorandos de entendimento com instituições de federais de ensino e pesquisa, e pretende estabelecer outros oito até dezembro. O objetivo, diz, é formar profissionais capacitados justamente a trabalhar com soluções Huawei em nuvem e IA.

Neste ano, a empresa vai investir R$ 139 milhões no Brasil, dinheiro que vai para P&D, construção de laboratórios próprios ou em parcerias com a academia.

Novos produtos

Hoje mesmo a subsidiária local anunciou o lançamento de nova linha de roteadores WiFi Mesh, compatíveis com o padrão WiFi 6, que podem atingir velocidade de transferência de dados de até 2,2 Gbps. O equipamento tem ainda tecnologia NFC, que permite a qualquer um com celular compatível se conectar imediatamente à rede criada ao encostar o smartphone do roteador.

Outro equipamento anunciado é o Wi-Fi AX3 Quad-Core. Modelo mais sofisticado da empresa, permite donwloads de até 3 Gbps já pelo padrão WiFi 6, onde houver banda disponível de até 160 MHz.

FONTE: TeleSíntese
Mais uma vez, agradecemos aos autores originais desta publicação.