Governo prorrogará por mais dois anos a desoneração da folha

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse nesta quinta-feira, 11, no Palácio do Planalto, que vai prorrogar por mais dois anos a desoneração da folha de pagamento. Serão beneficiados 17 setores econômicos, inclusive o de tecnologia da informação e de comunicação. Apesar do anúncio, ele não explicou de que forma isso será feito, se por decreto ou através da edição de medida provisória – que teria de ser votada pelo Congresso Nacional.

Segundo o presidente, a decisão foi tomada após reunião com os ministros da Economia, Paulo Guedes, da Agricultura, Tereza Cristina, e empresários. “Resolvemos prorrogar por mais dois anos a desoneração da folha. Isso tem a ver com manutenção de emprego. Quem se eleger em 2022 vai ter 2023 todinho para resolver essa questão”, falou.

A desoneração é uma alternativa para empresas reduzirem o pagamento de impostos. Na prática, as empresas podem substituir a contribuição previdenciária, de 20% sobre os salários dos empregados, por uma alíquota sobre a receita bruta, que varia de 1% a 4,5%. O benefício se encerraria em dezembro deste ano, e é defendido por empresas da TI, operadoras e call centers.

FONTE: TeleSíntese
(Acesse o website do autor da publicação para mais detalhes)