Governo pode gastar até R$ 266 milhões com telefonia para 440 órgãos

O Ministério da Economia realizará, no próximo dia 21, audiência pública virtual sobre o pregão eletrônico para compra de serviços de telecomunicações para diversos órgãos público. O objetivo é contratação de e Serviço Telefônico Fixo Comutado – STFC (fixo-fixo e fixo-móvel) e de Serviço Móvel Pessoal – SMP (Móvel-Móvel, Móvel-Fixo e dados), nas modalidades Local, Longa Distância Nacional (LDN) e Longa Distância Internacional (LDI) a ser executado de forma contínua, conforme as especificações e condições constantes do Termo de Referência e seus anexo. 

A previsão é de contratação de mais de 7,3 milhões de minutos de ligações móveis e mais de 260 mil assinaturas, quantidades que podem dobrar, em função da adesão tardia de novos órgãos ao registro de preço. Pelo termo de referência, os dispositivos de comunicação deverão ser habilitados com serviços de dados com franquias mínimas estabelecidas nas especificações do serviço, incluindo a assinatura de provedor de acesso à Internet, com garantia de Taxa de Transmissão Instantânea nominal mínima de 40% (quarenta por cento) da velocidade de 1 Mbps para 3G, 4 Mbps para 4G e a velocidade disponível na área local nos casos de 2G. 

A estimativa de demanda aos serviços é de 440 órgãos. O valor total estimado para este certame, pelo período de 30 meses, é de R$ 266, 6 milhões. A Audiência Pública será no dia 21 de julho de 2020, das 10:00 às 11:300 horas, no canal do YouTube do Ministério da Economia. Os interessados poderão enviar os questionamentos para o e-mail central.licitacao@planejamento.gov.br, até o dia 17 de julho. 

FONTE: TeleSíntese
Para mais detalhes, acesse o website da publicação original.