Google interrompe desenvolvimento do serviço bancário Plex

O Google parou de trabalhar em seu serviço bancário apelidado de Plex, que visa permitir que você faça suas transações bancárias por meio do aplicativo Google Pay. O serviço permitiria que os usuários se inscrevessem em contas correntes ou de poupança oferecidas por uma variedade de bancos tradicionais que o usuário administraria por meio do aplicativo.

De acordo com reportagem do Wall Street Journal (Via: TheVerge), o Google cancelou o projeto devido a uma série de prazos perdidos e porque um executivo que pressionou pelo projeto deixou a empresa.

Antes mesmo de o Google revelar seus planos com o Plex, relatórios apontaram que o serviço bancário da empresa não foi feito para colocá-la em competição direta com os bancos. Em vez disso, o Google planejou fazer parceria com uma variedade de instituições financeiras que forneceriam contas sem taxas mensais ou de cheque especial e sem saldos mínimos.

Como alguns outros bancos online, o aplicativo do Google permitiria aos usuários definir coisas como metas para poupança e transferências automáticas, por exemplo. Alguns dos bancos com os quais o Google planejou fazer parceria incluíram o Citi e o SEFCU, como aponta o TheVerge.

O Google desistiu do Plex para direcionar os esforços para ajudar na capacitação dos bancos

google-interrompe-desenvolvimento-do-servico-bancario-plexImagem: Reprodução | TheVerge

Em um comunicado via e-mail ao TheVerge, o Google disse que ainda acredita que há demanda dos consumidores por maneiras mais simples de pagar por coisas enquanto faz compras online e pessoalmente, mas que agora se concentrará em “fornecer capacitação digital para bancos e outras instituições financeiras prestadores de serviços em vez de nós servirmos como fornecedores desses serviços.

A empresa revelou que recursos que pertenceriam ao Plex, podem aparecer no Google Pay em algum momento. “Ou podemos apenas ver o Google continuar a trabalhar em seu aplicativo Google Pay reprojetado”.

Embora ainda existam outras opções para pessoas que querem bancos online com aplicativos decentes, é um tanto quanto frustrante saber que a empresa cancelou este projeto. O Google poderia ter fornecido um incentivo mais tradicional aos bancos para intensificar seu jogo de aplicativos móveis. O TheVerge opina que um grande recurso como esse ser eliminado antes de seu lançamento não ajuda com a reputação do Google de não se manter fiel aos produtos que lança.

No entanto, é melhor que o Google pare o projeto enquanto ainda está em desenvolvimento. Assim, os usuários não ficam ainda mais frustrados no caso de se acostumarem com um recurso e depois terem que abrir mão dele, como já ocorreu.

Via: TheVerge

FONTE: Blog SempreUpdate
Mais uma vez, agradecemos aos autores originais desta publicação.