Google constrói cabo submarino ligando Estados Unidos à Europa

O Google anunciou hoje, 28, que vai construir um novo cabo submarino para ligar os Estados Unidos ao Reino Unido e à Espanha. A estrutura, batizada de Grace Hopper, será o quarto cabo submarino de um projeto para conectar América do Norte a América do Sul, Europa e África.

Os outros equipamentos do projeto são o Curie, ligando Califórnia ao Chile, já em funcionamento; o Dunant, que liga EUA à França e entrará em operação no terceiro trimestre; e o Equiano, que liga Portugal ao Sul da África, e será ativa em 2021.

Além dessas iniciativas, a empresa também participa do cabo submarino Junior, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro.

Segundo o Google, 98% do tráfego de internet mundial passa por cabos submarinos. E o aumento da demanda mundia justifica os investimentos. O Grace Hopper trará, diz, “resiliência” à rede que é usada para a entrega de todos os seus produtos para o consumidor final e empresas. Em especial, atender as necessidade de crescimento de uso dos apps Meet, Gmail e da Google Cloud.

O cabo também está sendo construído para interligar os data centers da empresa na Espanha, que serão criados e usados a partir de acordo firmado em junho com a Telefónica. A estrutura terá 32 fibras. A construção ficará a cargo da Subcom, e será completada em 2022.

O nome Grace Hopper é uma homenagem a uma das pioneiras da computação, que viveu de 1906 a 1992, e ajudou a desenvolver compiladores necessários para a criação da linguagem de programação COBOL.

FONTE: TeleSíntese
Agradecimentos aos autores originais desta publicação! Até a próxima!