GitHub substituirá ‘master’ por ‘main’ a partir do próximo mês

GitHub substituirá 'master' por 'main' a partir do próximo mêsA partir do próximo mês, todos os novos repositórios de código-fonte criados no GitHub serão chamados de “main (principal)” em vez de “master (mestre)”. Esta é uma tentativa de remover termos considerados racistas e substituí-los por termos mais inclusivos. Os repositórios do GitHub são onde os usuários e empresas armazenam e sincronizam seus projetos de código-fonte.
Por padrão, o GitHub usa o termo “master” para a versão primária de um repositório de código-fonte. Os desenvolvedores fazem cópias do “mestre” em seus computadores, nas quais adicionam seu próprio código e, em seguida, mesclam as alterações de volta no repositório “mestre“.
“Em 1º de outubro de 2020, qualquer novo repositório que você criar usará o main como o branch padrão, em vez do master”, disse a empresa.

Alguns permanecerão

GitHub substituirá 'master' por 'main' a partir do próximo mês
Repositórios existentes que têm “master” definido como branch padrão serão deixados como estão.
Para os repositórios existentes, renomear o branch padrão hoje causa uma série de desafios”, explicou o GitHub em uma  página de suporte  publicada no início deste mês, como a necessidade de editar as configurações para solicitações pull e modificar as políticas de segurança. Até o final do ano, vamos tornar mais fácil para os repositórios existentes renomearem seu branch padrão, disse o GitHub.

Quando você renomear a filial, vamos redirecionar seus PRs abertos e versões preliminares, mover as políticas de proteção de sua filial e muito mais – tudo automaticamente.

GitHub substituirá ‘master’ por ‘main’ a partir do próximo mês

GitHub substituirá 'master' por 'main' a partir do próximo mês
A mudança da empresa faz parte de uma tendência maior na comunidade de tecnologia. Após a morte brutal de George Floyd e os protestos Black Lives Matter no início deste ano, as empresas de tecnologia queriam mostrar seu apoio à comunidade negra, abandonando termos não inclusivos como master, slave, black list e whitelist.
Empresas e grandes projetos de código aberto como  Microsoft, IBM, Twitter, Red Hat, MySQL, o kernel Linux e OpenBSD concordaram em fazer mudanças em seu jargão técnico.
O GitHub foi uma das primeiras empresas a mostrar apoio a essas mudanças quando seu CEO revelou em junho que eles já estavam procurando um substituto para “master“. O anúncio da empresa cumpre a promessa de seu CEO.
Além disso, o projeto Git, que é o software base no qual o GitHub foi construído, também anunciou planos semelhantes para, pelo menos, fornecer aos proprietários do repositório a opção de personalizar seu branch de repositório padrão daqui para frente.

FONTE: Blog SempreUpdate
Meu agradecimento pelas excelentes publicações!