FTC quer barrar compra da Arm pela Nvidia

FTC

A Comissão Federal de Comércio (FTC) entrou na justiça contra a compra da Arm, que desenha chips, pela fabricante de chips Nvidia por US$ 40 bilhões. Para a agência, a transação daria os meios e incentivos para paralisar a competição e, assim, prejudicar a inovação, como a próxima geração de sistemas de assistência ao motorista e chips para data center.

“O negócio proposto dá a uma das maiores empresas de chip controle sobre tecnologias de computação e design que firmas rivais dependem para desenvolver seus próprios chips competidores”, afirma. De acordo com a FTC, a Arm poderia deixa de buscar parcerias para projetos inovadores por conta de conflitos de interesses. A fusão resultaria, na ponta final, em produtos com menos qualidades, preços mais altos e menos opções.

Há três principais áreas prejudicadas pelo negócio. Entre eles os sistemas avançados de sistemas de assistência ao motorista, que oferece mudança automática de faixa, manutenção de faixa, entrada e saída de rodovia e prevenção de colisão. Outra área seria o produto de networking DPU SmartNICs, empregado para ampliar a segurança em data centers, além de CPUs para provedores de computação em nuvem. 

A aquisição ainda entregaria à Nvidia informações sensíveis para competição de licenças fornecidas pela Arm, diz a FTC. Alguns desses dados dizem respeito a empresas rivais da fabricante de chips. Isso resultaria na perda de confiança na Arm pelos seus parceiros e no ecossistema.

A transação também foi alvo de preocupações pelo regulador de competição do Reino Unido, afirmando que poderia limitar o acesso dos rivais à propriedade intelectual da Nvidia.  (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!