Fedora 34 pode usar o PipeWire por padrão para substituir o PulseAudio

Fedora 34 pode usar o PipeWire por padrão para substituir o PulseAudioA distribuição Fedora 34 pode tentar usar o PipeWire por padrão para substituir o PulseAudio e JACK. Pelo menos é isso o que informa a wiki do Fedora Project. Além disso, a Red Hat trabalha há vários anos no PipeWire para revisar o gerenciamento de stream de áudio e vídeo no Linux. Ele é capaz de cumprir as tarefas atualmente gerenciadas por empresas como PulseAudio e JACK. Da mesma forma, está sendo projetado com a segurança Wayland e Flatpak em mente entre outras atuais tecnologias do Linux. Com o Fedora 34, eles podem tentar lançar o PipeWire por padrão no lugar do JACK, PulseAudio e até mesmo do ALSA.
Por um tempo, o Fedora oferece pacotes PipeWire, mas ainda não são usados por padrão quando se trata de manipulação de áudio. Uma proposta de mudança pendente para o Fedora 34 agora encaminharia todo o áudio por meio do PipeWire em vez do JACK e PulseAudio existentes.

Fedora 34 pode tentar usar o PipeWire por padrão para substituir o PulseAudio e JACK

Fedora 34 pode usar o PipeWire por padrão para substituir o PulseAudio
Com o plano proposto, o Fedora 34 com PipeWire assumiria todas as funções de áudio de desktop por padrão do PulseAudio. O PipeWire fornece uma implementação funcionalmente compatível do daemon PulseAudio para que o software Linux existente continue a funcionar bem. Da mesma forma, o PipeWire forneceria suporte JACK do F34 para necessidades de áudio profissional. Para clientes ALSA legacy, um plug-in ALSA para PipeWire permite o roteamento de áudio por meio dele também.
O plano é bom e já demorou muito para saber que o PipeWire, apoiado pelo RedHat, tem como objetivo lidar com todos os fluxos de áudio e vídeo do Linux. Porém, ainda não há definição por parte de alguns na comunidade Fedora. O Comitê de Engenharia e Direção do Fedora ainda não decidiu sobre esta proposta de mudança em todo o sistema. Entretanto, já existem muitos desenvolvedores e membros da comunidade em ambos os lados da mesa.
Embora existam defensores dessa mudança, alguns argumentam que mudar para o PipeWire por padrão para todos os fins de áudio pode ser prematuro. Alguns recursos do PipeWire ainda não estão totalmente prontos para exercer funções do PulseAudio e outras possíveis deficiências se o suporte PipeWire não estiver totalmente resolvido até lá. Porém, mais cedo ou mais tarde, essa troca vai ocorrer. No entanto, o mais provável é que fique mesmo somente para o Fedora 35, no final de 2021.
Para os interessados existe a proposta de mudança. A discussão no momento está acontecendo principalmente na lista de discussão de desenvolvimento do Fedora.
Com Phoronix
 
 

FONTE: Blog SempreUpdate
Agradecimentos aos autores originais desta publicação! Até a próxima!