FCC proíbe uso de todos os equipamentos Huawei e ZTE

A Comissão Federal de Comunicações (FCC) dos Estados Unidos anunciou hoje, 13, mudanças no Programa de Reembolso de Redes de Comunicações Seguras e Confiáveis, que visa financiar a substituição de equipamentos considerados um risco à segurança do país por pequenos provedores. Agora, qualquer provedor de internet de pequeno porte que quiser participar do programa deve retirar todos os produtos e equipamentos da Huawei ou da ZTE de suas redes.

“Proteger a infraestrutura crítica de comunicações de ameaças potenciais de segurança é mais importante do que nunca, devido ao grande impacto que nossas redes de comunicação têm no trabalho, educação, saúde e comunicação pessoal”, afirmou o órgão em nota.

O programa também passará a englobar mais empresas, pois o critério de participação passará de até 2 milhões de clientes para 10 milhões. Para serem reembolsados, os equipamentos precisam ser adquiridos até junho de 2020. A implementação do programa continua a custar US$ 1,895 bilhão, valor estimado em setembro de 2020 para banir as companhias de origem chinesa dos EUA.

No mês passado, a FCC havia proposto um regulamento que bania de vez os equipamentos da Huawei e ZTE. Isso significa que os produtos das duas fabricantes não poderiam entrar no país nem mediante a autorização pelo órgão. Ambas empresas negam que seus produtos ofereçam riscos à segurança. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!