Facebook diz que aprimoramentos de inteligência artificial reforçaram sua moderação de conteúdo

Facebook diz que aprimoramentos de inteligência artificial reforçaram sua moderação de conteúdoO Facebook disse que fez melhorias significativas na tecnologia de inteligência artificial que usa para detectar e remover incitação ao ódio e outras violações dos padrões da comunidade, incluindo informações enganosas relacionadas à COVID-19.
A empresa tem dependido de moderadores humanos como base de sua moderação de conteúdo. No entanto, esses moderadores geralmente não podem trabalhar em casa devido à natureza gráfica de seu trabalho. Por sua vez, a empresa enfrentou um potencial acúmulo de moderação de conteúdo, já que a pandemia forçou os escritórios a permanecer fechados.

Facebook diz que aprimoramentos de inteligência artificial reforçaram sua moderação de conteúdo

A empresa agora está confiando mais na tecnologia para ajudar a gerenciar o trabalho de moderação. Por exemplo, o Facebook está usando inteligência artificial (IA) para criar um sistema de classificação que prioriza o conteúdo mais crítico para as equipes de moderação humana revisarem. A IA avalia a gravidade da ameaça em um conteúdo e sinaliza para revisão imediata.
Facebook diz que aprimoramentos de inteligência artificial reforçaram sua moderação de conteúdoO Facebook disse que fez melhorias significativas na tecnologia de inteligência artificial que usa para detectar e remover incitação ao ódio e outras violações dos padrões da comunidade, incluindo informações enganosas relacionadas à COVID-19.
Guy Rosen, vice-presidente de integridade do Facebook, disse:
Se você voltar atrás e pensar em como a tecnologia ajuda na moderação de conteúdo… a IA ajuda a garantir que, com uma força de trabalho reduzida, ainda possamos nos concentrar nas categorias mais graves e críticas que requerem revisão e ação.
Com as melhorias na tecnologia, Rosen disse que a taxa de detecção de discurso de ódio no Facebook aumentou 95%; como resultado: 22,5 milhões de peças de conteúdo removidas no segundo trimestre. No Instagram, a detecção proativa resultou na remoção de 3,3 milhões de postagens.
Enquanto isso, de abril a junho, o Facebook disse que removeu mais de 7 milhões de informações enganosas relacionadas à COVID-19 do Facebook e Instagram. Isso inclui postagens que promovem falsas medidas preventivas ou curas exageradas.
Para outras informações incorretas, o Facebook disse que está trabalhando com verificadores de fatos independentes para exibir rótulos de advertência. De abril a junho, rótulos de advertência foram colocados em cerca de 98 milhões de informações incorretas relacionadas à COVID-19 no Facebook.
Fonte: ZDNET
Google Arts & Culture lança uma série de brincadeiras com uso de inteligência artificial

Restaurantes de sushi no Japão estão usando inteligência artificial para avaliar cortes de atum

Check Point lança plataforma Infinity SOC com Inteligência Artificial

FONTE: Blog SempreUpdate
Por mais esta excelente publicação, agradecemos.