Ericsson e Telefónica Alemanha implementam rede micro-ondas definida por software

Ericsson e Telefónica Germany implementam rede SDN via microwave

A Ericsson e a Telefónica Alemanha, também chamada de O2, implementaram uma rede SDN independente do fornecedor na rede nacional da operadora. A implementação foi possível a partir do portfólio de produtos de micro-ondas MINI-LINK da Ericsson.

Com isso, a operadora conseguiu integrar aproximadamente 30 mil links a nova interface, Netconf, por meio de controlador SDN, o Open Daylight Controller. A transmissão via micro-ondas é uma alternativa a fibra óptica para transmitir grandes quantidades de dados, onde a fibra não pode ser utilizada.

Em nota, a Ericsson afirma que o projeto viabiliza que a Telefónica construa seus casos de uso de automação em uma API “harmonizada” para dispositivos microwave. A Ericsson habilitou toda a sua base instalada de cerca de 15 mil links de microwaves MINI-LINK na rede da Telefónica Germany. Agora, a fornecedora irá acompanhar a evolução recente da especificação ONF TR-532 da Open Network Foundation.

Essa interface implementa mudanças para links de microwave de forma uniforme em todos os fabricantes em quase tempo real. A expectativa é de que isso crie um transporte de rede ágil e com alto custo benefício para as redes 5G.  Além da quinta geração, a interface busca formar a base para aplicações que utilizem inteligência artificial e machine learning para analisar e aprimorar a utilização da rede microwave de forma automática.

A parceria entre a Telefónica Alemanha e a Ericsson começou em 2014. “Abordagens baseadas em software, como SDN, estão nos ajudando a reduzir a complexidade de nossas arquiteturas de rede e impulsionar a expansão da nossa rede ainda mais rápido e com maior qualidade por meio de um degrau mais alto de automação. Por exemplo, nosso time de tecnologia já está desenvolvendo de forma contínua novas aplicações que podem estar disponíveis entre os fabricantes dentro de semanas”, comentou o CTO da Telefónica Alemanha, Mallik Rao. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!