Embratel lança solução com processamento de dados na ponta

Embratel
Crédito: Freepik

A Embratel lança esta semana a solução Embratel Cloud Edge, que permite o processamento de dados mais próximo ao local de coleta. Dessa forma, facilita o atendimento de aplicações que dependem de baixa latência na resposta.

O novo produto disponibiliza maior capacidade para armazenagem e garante poder computacional para processar informações em tempo real de maneira distribuída. Com a nova solução, as arquiteturas poderão ter dados processados na ponta, em vez de enviados de forma direta para uma estrutura central ou para nuvem.

Isso ocorre por meio de mecanismos de triagem definidos na borda, que seguem as demandas de cada negócio. Esse processo contribui para redução da largura de banda necessária para comunicação entre aplicações, rede e pontos de acesso aos dados.

“O aumento de dispositivos, especialmente de Internet das Coisas (IoT), que demandam transmissão de grandes volumes de dados, exige o melhor aproveitamento da largura de banda. ”, afirma o diretor-executivo de Soluções Digitais da Embratel, Mário Rachid.

A solução Embratel Cloud Edge já está disponível em três regiões: São Paulo, Curitiba (PR) e Brasília (DF). Em breve, a empresa passará a comercializá-la em mais nove localidades. As regiões atendidas pela solução estarão interligadas por uma rede de baixa latência.

O novo produto da Embratel se trata de uma IaaS (Infraestrutura como Serviço). Assim, empresas podem contratar e gerenciar os recursos de computação, armazenamento e rede de acordo com suas demandas. A solução possibilita escalabilidade por meio da aplicação de políticas de auto-scale para atender os picos de utilização de cada negócio. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
Para mais detalhes, acesse o website da publicação original.