Eduardo Ricotta deixa a Ericsson em abril

A fabricante de equipamentos para redes de telecomunicações Ericsson está à procura de um novo presidente para o cone Sul da América do Sul. A empresa anunciou hoje, 9, que Eduardo Ricotta deixará o posto em 16 de Abril. Em seu lugar, Vinicius Dalben, atual “head de commercial management Latam South” será o presidente interino. Ele assume a posição em 19 de abril.

“A busca por seu sucessor está em andamento e Eduardo apoiará a liderança da Ericsson na transição”, afirma a Ericsson, em nota. Arun Bansal, Head da Ericsson para Europa e América Latina, disse: “Agradecemos a Eduardo por sua valiosa contribuição para a Ericsson. Ele partirá com os nossos melhores votos para o seu futuro”.

Ricotta está há 27 anos na Ericsson, onde passou por diferentes posições de comando. Foi diretor, vice-presidente para América Latina e Caribe, presidente da Ericsson Brasil, e desde 2019 comandava a região do Cone Sul da América Latina.

O executivo sai para assumir um novo desafio, em outro setor, o de energia. Vai comandar a Vestas na América Latina, com base em São Paulo. A empresa é dinamarquesa e comercializa turbinas para geração de energia eólica. É a maior do mundo no ramo e conta com 29 mil funcionários. Em 2020, faturou € 14,8 bilhões.

Ao chamar Ricotta para dirigir os negócios na América Latina, espera crescer em contratos, receitas e lucratividade. No Linked In, a empresa publicou posto no qual deu as boas vindas ao executivo brasileiro, que inicia no cargo em 19 de abril.

FONTE: TeleSíntese
Para mais detalhes, acesse o website da publicação original.