Economia chama o Ipea para fazer estudos sobre compartilhamento de postes

O subsecretário de regulação e mercado da SDI do Ministério da Economia, Gabriel Fiuza, afirmou nesta segunda-feira, 16, que a pasta chamou o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) para realizar estudos econômicos que ajudem a traçar uma solução para o compartilhamento de postes de distribuidoras elétricas com operadoras de telecomunicações e provedores de internet. Ele participou de live do Tele.Síntese.

Segundo ele, a pasta ainda não tem posição definida sobre qual seria a melhor solução para a questão. Há anos operadoras e ISPs cobram acesso facilitado aos postes, mas reclamam da demora, dos preços ou mesmo de políticas de corte de cabos por parte das distribuidoras de energia.

“Estamos trabalhando com o IPEA para avaliar as possibilidades. Gostaríamos de ter um impacto econômico das alternativas. Conhecemos estudos que estão sendo feitos pelo setor de telecom. E a gente também vem começando a conversar com os agentes do setor elétrico”, destacou Fiuza. Entre as alternativas há propostas para mexer na modicidade tarifária das concessionárias elétricas ou mesmo a criação de um ente neutro para administrar os postes.

Segundo ele, as distribuidoras de energia não têm estímulos para compartilhar os postes. “O que a gente mapeou é que temos um triangulo de interesses: das operadoras de grande por pelo uso da rede, dos pequenos por um acesso módico, e das distribuidoras, que ficam com pouco da receita, o que extrai o interesse deles de explorar o poste de forma eficiente. Então é um desafio equilibrar esses três interesses legítimos. Mas ainda não temos diagnóstico nem preferência por uma modelagem ou outra”, afirmou.

FONTE: TeleSíntese
(Meus agradecimentos a este website que proporciona sempre novidades!)