Driver de vídeo Nvidia 460.32.03 adiciona suporte para GPUs RTX A6000

Driver de vídeo Nvidia 460.32.03 adiciona suporte para GPUs RTX A6000O driver de vídeo Nvidia 460.32.03 acaba de sair hoje e adiciona suporte para GPUs RTX A6000, além de melhorias no Vulkan. O driver Nvidia 460.32.03 é a versão mais recente do ramo de produção para sistemas GNU/Linux, FreeBSD e Solaris com inúmeras melhorias, novos recursos e correções de bugs.
Para todas as plataformas suportadas, o driver de vídeo Nvidia 460.32.03 adiciona suporte para GPUs NVIDIA RTX A6000, introduz um novo local de cache de disco padrão para o OpenGL/Vulkan Shader e altera seu tamanho padrão de 128 MB para 1024 MB e altera a opção AllowEmptyInitialConfiguration para “Verdadeiro” por padrão. Assim, isso vai evitar falhas ao iniciar o servidor X se nenhum monitor estiver conectado.
Além disso, o Nvidia 460.32.03 suporta melhor os aplicativos que transferem dados entre as superfícies de vídeo VDPAU e a memória do sistema, melhorando a implementação do NVIDIA VDPAU ao usar formatos planos ou semiplanares e adiciona um novo token “NoInterlacedModes” à opção “ModeValidation” do driver restringir a validação de modos entrelaçados.

Driver de vídeo Nvidia 460.32.03 adiciona suporte para GPUs RTX A6000

Driver de vídeo Nvidia 460.32.03 adiciona suporte para GPUs RTX A6000
Apenas para usuários GNU/Linux, Nvidia 460.32.03 adiciona suporte para a otimização “Reverse PRIME Bypass” para contornar a sobrecarga de largura de banda de PRIME Display Offload e PRIME Render Offload sob certas condições. Do mesmo modo, adiciona suporte para rotação RandR.
Por outro lado, melhora o suporte para Linux 5.4 LTS e kernels mais recentes que causaram regressões de desempenho ao alocar memória do sistema e melhora o suporte Vulkan, adicionando suporte para várias extensões, incluindo:

VK_KHR_acceleration_structure, VK_KHR_ray_tracing_pipeline;
VK_KHR_ray_query, VK_KHR_pipeline_librar;
o VK_KHR_deferred_host_operations;
VK_NV_fragment_shading_rate_enums;
VK_KHR_fragment_shading_rate;
e VK_KHR_shader_terminate_invocation;
 VK_EXT_shader_image_atomic_int64;
e VK_KHR_copy_commands2.
Ele também suporta a importação de memória em cache por meio da extensão VK_EXT_external_memory_host;
reduz o consumo de memória do host para a memória do descritor;
corrige um problema com as constantes VK_ACCESS_MEMORY_READ_BIT e VK_ACCESS_MEMORY_WRITE_BIT quando são usadas como parte de uma passagem de renderização;
e corrige um bug que tornava os aplicativos Vulkan falha ao inicializar se o servidor X11 conectado não expôs o suporte GLX.

Várias correções de bugs também estão presentes nesta versão para melhorar a caixa de diálogo de configuração do modo de mosaico SLI das configurações da nvidia para não deixar os monitores habilitados se não forem mais necessários, melhorar o relatório de resoluções de tela dimensionadas configuradas nas configurações da nvidia para RandR, melhore a configuração dos visores DisplayPort Multi-Stream Transport e evite qualquer corrupção ao copiar de um pixmap X11 para uma janela de sobreposição RGB.

Por último, o Nvidia 460.32.03 remove o suporte para vários atributos NV-CONTROL de bloqueio de quadro obsoletos, incluindo:

NV_CTRL_FRAMELOCK_MASTER;
NV_CTRL_FRAMELOCK_SLAVES;
NV_CTRL_FRAMELOCK_MASTERABLE;
e NV_CTRL_FRAMELOCK_SLAVEABLE XMode;
e remove o aviso de truncamento XM mais antigo para o arquivo de configuração “string XM”  via nvidia-settings.

O driver de vídeo Nvidia 460.32.03 está disponível para download agora para distribuições Linux de 64 bits e AArch64 (ARM64), sistemas FreeBSD de 64 bits, bem como sistemas Solaris de 64 bits e 32 bits no site oficial . Se a instalação manual não é sua praia, você deve conseguir instalar a nova versão dos repositórios estáveis de sua distro nos próximos dias.

FONTE: Blog SempreUpdate
Meu agradecimento pelas excelentes publicações!