DPR telecomunicações lança produto inovador

DPR | Marco Silva, diretor comercial da DPR - Foto: Divulgação
Marco Silva, diretor comercial da DPR – Foto: Divulgação

A DPR Telecomunicações, empresa fundada em 1995 com a missão de prover soluções integradas para a estrutura do Setor de Serviços de Telecom contribuindo para o processo de inclusão digital, lança no mercado uma nova Caixa de Terminação Óptica para Poste (CTO-P) com mais de 15 processos de patentes. A Caixa atende 8 ou 16 assinantes com diferenciais exclusivos quando comparado com outros produtos do mercado da mesma categoria na concorrência:

– Caixa compacta, menor que outras da categoria;
– Possibilidade de instalação em poste cilíndrico ou “duplo T”. No caso do suporte “duplo T”, o suporte é instalado com facilidade, sem necessidade de parafusos;
– Vedação contra entrada de poeira, água e insetos, com sistema de borracha sobre injetado no produto;
– Fechamento da tampa paralelo e feito por quatro fechos, o que distribui as forças de forma homogênea e garante maior vida útil ao produto;
– Retenção de drop óptico com sistema de travamento automático ao fechar a tampa, caso o técnico se esqueça de fechá-lo após encaixar o drop. Isso garante a redução de falha humana;
– Expansão de 8 para 16 assinantes em até 2 minutos por meio da troca de módulos de forma prática e ágil;
– ROI Garantido, uma vez que o aumento da produtividade é evidenciado por clientes que já utilizaram o produto.
– Segurança operacional, com mais de 15 processos de patentes que reduzem a falha humana e garantem maior vida útil do produto.

Segundo Marco Silva, diretor comercial da DPR, o produto chega ao mercado para facilitar o dia a dia dos técnicos dos provedores de internet e inovar as instalações de redes FTTH. “Além da redução do custo de implantação e ROI garantido, este lançamento supre uma demanda urgente do mercado trazendo inovação e atendendo necessidades técnicas e operacionais bastante específicas que vão desde a dimensão do produto até sua durabilidade por conta da exposição às intempéries da natureza”, explica. O produto atende a topologias nos segmentos FTTH, GPON e XGPON e vem com suporte opcional na base para acomodação de sobras de cabos alimentadores e derivações. Também vale destacar a possibilidade de substituição da carcaça em caso de dano físico sem provocar interrupção da rede. “A substituição é feita de forma ágil, prática e com o mínimo impacto na rede do cliente, sem necessidade de fusão para a manutenção do up grade da rede”, completa.

Entre as patentes inovadoras do produto, Marco Silva destaca o sistema de vedação unificado. “Este novo sistema de vedação sobre injetado na caixa é único no mercado e reduz significativamente a falha humana na instalação e na manutenção do produto, assim como a eliminação da necessidade de corte da borracha e a acomodação do drop”.

Especificações técnicas
– Maior durabilidade quando instalada exposta às intempéries;
– Tamanho reduzido e otimizado internamente;
– Projetada para atender as variadas topologias de mercado no segmento FTTH, GPON e XGPON,
– Permite derivação de até 2 cabos ASU 06 ou 12FO e 2 cabos entrantes de até 36FO (Compacto);
– Bandeja projetada para acomodar até 36 fusões diretas ou derivadas, mais 2 fusões alimentadora do módulo e 2 splitters;
– Permite fixação em postes circulares e duplo “T”, seja com fita de aço ou abraçadeira tipo BAP;
– Sistema de vedação entrante de cabos por cabeçote bipartido com apenas 2 parafusos sem a necessidade de montagem de acessórios independentes;
– Fixação independente dos cabos, proporcionando maior segurança e prática manutenção;
– Sistema de distribuição de acesso por módulo, praticidade na manutenção e upgrade da rede;
– Módulos projetados para 5 versões de aplicação de redes (1×1:8, 1×1:16, 2×1:8, 1:2+1N e vazia);
– Adaptadores de saída de acesso do módulo com sistema de articulação, proporcionando manuseio seguro e eficaz;
– Substituição do módulo de forma ágil, prática e de curto tempo de interrupção (em até 2 minutos), sem necessidade de fusão;
– Sistema de alimentação do módulo independente e seguro, não possibilitando desconexão por engano;
– Sistema de trava drop sem necessidade de vedações e abraçadeiras, com travamento simultâneo ao fechamento da tampa (caso o técnico eventualmente esqueça de empurrar a trava do drop);
– Processo de fechamento plano da tampa por quatro travas, sistema que garante maior durabilidade e vedação;
– A carcaça (tampa e base) foi projetada para ser substituída (em caso de dano físico) sem provocar interrupção total ou parcial da rede;
– Abertura padrão dos cabos alimentadores em 2,20m e as derivações em 1,50m;
– Permite instalação de suporte na base para acomodação das sobras dos cabos alimentadores e de derivações (fornecimento opcional).

Sobre a DPR
A DPR Telecomunicações atua há 26 anos no mercado, oferecendo soluções integradas para a estrutura do Setor de Serviços de Telecom e contribuindo com o processo de inclusão digital. Com foco total no cliente, a empresa desenvolve o que há de mais moderno e inovador no segmento de soluções para os provedores de Internet.
Líder em tecnologia e serviços para o mercado de ISPs do Brasil, tem fábrica própria e mais de 58 patentes de produtos. A sede da empresa fica em Sorocaba (SP) e atende todas as regiões do País.

Conheça todos os produtos e serviços oferecidos em: www.drp.com.br

FONTE: TeleSíntese
(Acesse o website do autor da publicação para mais detalhes)