Dicas para operar satélites e a ISS com eficiência e ética

Com o inicio da operação do repetidor da ISS, uma operação acessível a muitos Radioamadores, diversos colegas tem encontrado dificuldades em serem ouvidos e perdem o interesse em novas tentativas. Um dos maiores problemas é a sobremodulação de estações mais preparadas para operação e que estão constantemente nas passagens, trocando mensagens coloquiais entre si. Tal situação fere a ética operacional por completo que temos em nosso hobby. Surgiu no grupo de amigos radioamadores que faço parte no WhatsApp a elaboração de dicas de boa conduta, texto que reproduzo abaixo, elaborado e enviado por um membro do grupo.  Está aberto para contribuições e espero que se inicie um bom debate. Segue texto. 

DICAS DE BOA CONDUTA AO TRABALHAR REPETIDORAS EM SATÉLITES FM
O mais importante é saber que a passagem do satélite é rápida e muita gente quer participar. Portanto, seguem algumas dicas:
1. OUÇA várias passagens do satélite antes de tentar transmitir. Aprenda a configurar e manusear adequadamente as funções de seu rádio: memorização de frequências, ajuste via dial, subtom, etc. As coisas no satélite acontecem muito rápido! 
2. Faça QSOs rápidos, sem bate papo. Satélite não é lugar de perguntar se está fazendo sol ou se seu sinal está bom. Prefira o estilo pile-up, falando apenas seu indicativo e aguardando. Quem lhe ouvir logo lhe chamará. Não chame “CQ Satélite”, “CQ ISS”, “Boa noite de PY tal”.
3. Fale somente ao fim de outro QSO. Não interrompa e nem module junto com outras pessoas.
4. Quando tiver oportunidade, informe apenas seu indicativo e aguarde ser contestado.
5. Ao contestar outra estação, seja objetivo: fale somente o indicativo que está sendo contestado, seu indicativo e seu Grid Locator.
Exemplo:
Estação 1 – “PR7AA QRV”
Estação 2 – “PR7AA de PY2AA GG66
Estação 1 – “PY2AA de PR7AA HI22 QSL” 
Fim do contato
6. Lembrem-se que é um contato intermediado. Não é necessário sinal RS, pois trata-se de um repetidor. Além disso, quanto menor a troca de informação, mais ágil. Indicativo e grid locator são suficientes pra registrar o contato e pleitear awards/diplomas como DXCC/VUCC.
7. Algo que precisa ser muito bem frisado é o extremo cuidado de NÃO operar com antenas omnidirecionais como plano-terra, colineares, 5/8, flowerpot, etc. Com elas você será apenas um JACARÉ… bocudo de orelha pequena… hi hi hi… Seu sinal vai chegar no satélite mas você não ouvirá ninguém lhe respondendo, gerando mais desconforto que possibilidade de contato.
8. Construa uma antena de mão de baixo custo como uma moxon/open sleeve, projeto do PY4ZBZ, por exemplo. Custa menos de R$ 15 e é feita com cano de PVC e haste de solda. É possível ter muito sucesso usando uma e será possível fazer correções adequadas de polarização e direção apenas movendo e girando a mão. Muito prático. Veja vários outros projetos de antenas para satélite no site da ARSATC.
9. Além disso, vale salientar que nossa legislação preconiza que para operar satélites o radioamador precisa de licença específica: seja a licença tipo 7 (estação terrena) ou que tenha autorização de operação de satélite inserida nas suas estações fixa e/ou, móvel. Esta informação estará explícita na sua licença, caso tenha esta autorização, conforme destacado em azul na imagem a seguir. Muita gente esquece de marcar o quadradinho no formulário quando faz a solicitação da sua licença. Porém, é fácil solicitar a autorização. Basta preencher o formulário e peticionar, seja via SEI (processo eletrônico), seja em papel mesmo, entregando diretamente na ANATEL mais próxima ou enviando via correios.
Caso queira aprofundar-se na operação de satélites, uma super dica é o site da ARSATC. Clique aqui para ver.

Lembre-se:
Seja breve, assim todos podem usar o sistema!


Sucesso a todos nas operações via sat!


_Publicado no Facebook por PY2XZ, elaborado por PU2XGK e levemente formatado/adaptado por PR7GA com informações de PU5UAI_


Receba em primeira mão as notícias publicadas no QTC da ECRA!

Se você usa Whatsapp, acesse ZAP.ECRA.CLUB
Se você usa Telegram, acesse TELEGRAM.ECRA.CLUB
Ou siga o QTC da ECRA no Twitter: TWITTER.COM/QTCECRA

FONTE: Blog QTC da ECRA
(Excelente website de notícias! Recomendo!)