Deputados querem duas cadeiras no GAPE e uma para o Ministério da Agricultura

Os deputados federais querem participar do GAPE, o grupo de acompanhamento da conexão de escolas públicas a ser criado depois da venda do espectro de 26 GHz no próximo leilão da Anatel. A intenção é que o grupo tenha pelo menos duas vagas para parlamentares. Também deve ser solicitada vaga para o Ministério da Agricultura, uma vez que há previsão de conexão de escolas rurais.

A configuração atualmente descrita no edital do leilão prevê composição com representantes do Ministério das Comunicações, da Anatel e das operadoras que arrematarem lotes da frequência, sem vaga, portanto, para os políticos.

“Nós vamos ver qual é a melhor forma legislativa, ou política, numa articulação, para a Câmara dos Deputados se colocar nesse grupo e acompanhar melhor [a conexão das escolas]. Nós podemos reivindicar, por exemplo, duas vagas: uma para a subcomissão 5G e uma para a Comissão de Educação”, afirmou hoje, 29, Perpétua Almeida (PCdoB-AC), presidente da Subcomissão 5G na Câmara, em audiência na Câmara.

FONTE: TeleSíntese
Para mais detalhes, acesse o website da publicação original.