Como redefinir a grade de aplicativos no GNOME 3.38

Como redefinir a grade de aplicativos no GNOME 3.38Agora que você é capaz de reorganizar os atalhos de aplicativos na grade de Aplicativos (um dos muitos novos recursos do GNOME 3.38), você deve estar se perguntando o que acontece quando você deseja ‘desfazer’ as alterações e redefinir os aplicativos de volta às suas posições originais. Então, veja a seguir como redefinir a grade de aplicativos no GNOME 3.38.
Neste post, vamos saber como redefinir o layout do seletor de aplicativos no Ubuntu 20.10. Só precisa de um único comando. Quando você o executa, todos os atalhos de aplicativos (e quaisquer pastas de aplicativos que vocêcriou) ficam em ordem alfabética, de A a Z, de cima para baixo.

O comando que você precisa executar para redefinir o seletor de aplicativo é:

gsettings reset org.gnome.shell app-picker-layout
Contudo, para que a mudança tenha efeito, você precisará sair de sua sessão atual e entrar novamente. Como alternativa, se você se sentir confortável com isso, pode reiniciar o GNOME Shell abrindo o prompt alt+ f2e executando o comando r.

Como redefinir a grade de aplicativos no GNOME 3.38

Como redefinir a grade de aplicativos no GNOME 3.38
 
O comando app-picker-layout redefine todos os atalhos de aplicativos desagrupados para sua ordem alfabética original. Ele não “desagrupa” aplicativos que estão em pastas personalizadas. No entanto, move as pastas de aplicativos para suas respectivas posições em ordem alfabética. Assim, por exemplo, uma pasta chamada “Office” fica perto de outros aplicativos que começam com a letra ‘o’.
Então, você pode remover aplicativos de pastas e soltá-los de volta na grade principal (quando você arrasta o item final para fora de uma pasta de aplicativos, a pasta é excluída) e, em seguida, execute o comando de redefinição novamente.
O Projeto GNOME já lançou atualizações para o GNOME 3.38. Traz muitas mudanças e melhorias. O ambiente de desktop GNOME 3.38 apresenta um novo aplicativo GNOME Tour, uma grade de aplicativos personalizáveis no GNOME Shell, suporte a vários monitores, melhor screencasting e captura de tela, suporte Flatpak aprimorado, melhor suporte para aplicativos sandbox, melhor suporte Wayland, e muito mais.

FONTE: Blog SempreUpdate
Mais uma vez, agradecemos aos autores originais desta publicação.