Como instalar o Plume, uma plataforma de blog multiusuário, no Ubuntu, Linux Mint, Fedora, Debian

como-instalar-o-plume-uma-plataforma-de-blog-multiusuario-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debiancomo-instalar-o-plume-uma-plataforma-de-blog-multiusuario-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian
O Plume é uma plataforma de blog multiusuário, federada em ActivityPub. Plume não é apenas um único site, mas uma rede inteira interconectada, onde você escreve conteúdo de seu próprio site (instância), mas qualquer pessoa em qualquer outra instância do Plume também pode desfrutar de seus escritos. Saiba como instalar o Plume no Linux.
Quando escrevemos, é, na maioria das vezes, para compartilhar algo com outras pessoas. O Plume tem muitos recursos que permitem que a troca entre escritores e leitores seja bidirecional desde o início. Entre os recursos que ele dispõe, podemos destacar:

Abordagem centrada em blog: você pode criar quantos blogs quiser com sua conta;
Gerenciamento de mídia: você pode fazer upload de fotos para ilustrar seus artigos, mas também arquivos de áudio se hospedar um podcast, e gerenciá-los a partir do Plume;
Federação: Plume faz parte de uma rede de sites interconectados chamada Fediverse. Cada um desses sites (frequentemente chamados de instâncias) tem suas próprias regras e temáticas, mas todos podem se comunicar uns com os outros;
Escrita colaborativa: convide outras pessoas para seus blogs e escreva artigos juntos. O Plume facilita a colaboração em um artigo. Como os blogs não se limitam a um autor, muitas pessoas podem escrever no mesmo blog e aprimorar o trabalho umas das outras, para chegar ao melhor resultado final.

como-instalar-o-plume-uma-plataforma-de-blog-multiusuario-no-ubuntu-linux-mint-fedora-debian

Instalando o Plume no Ubuntu, Kubuntu, Xubuntu e derivados!

Para instalar o Plume no Ubuntu Linux. Inclusive você também pode instalar o Plume no Linux Mint sem nenhum problema execute o comando abaixo:

sudo snap install plume –beta

Instalando o Plume no Fedora e derivados!

Para instalar o Plume no Fedora, execute os comandos abaixo. Lembrando que caso você já tenha o suporte ao Snap habilitado no Fedora, pule para o passo 3, o de instalação do pacote:
Passo 1 – Instalar o Snapd:

sudo dnf install snapd
Após executar o comando acima, lembre-se encerrar a sessão ou reiniciar o computador! Em seguida, vamos criar um link simbólico para ativar o suporte ao Snap clássico:
Passo 2 – Criar link simbólico:

sudo ln -s /var/lib/snapd/snap /snap
E agora, vamos executar o comando para instalar o Plume no Fedora ou derivados:
Passo 3 – Agora vamos executar o comando para instalar o Plume no Fedora ou derivados:

sudo snap install plume –beta

Instalando o Plume no Debian e derivados!

Para instalar o Plume no Debian, execute os comandos abaixo. Caso você já tenha  Snap ativado e habilitado no seu Debian, pule para o passo 2, que seria da instalação:
Passo 1 – Atualizar os repositório e instalar o Snapd:

apt update

apt install snapd
E agora, vamos executar o comando para instalar o Plume no Debian ou derivados. Observe que o comando abaixo está com o sudo, caso você não o tenha habilitado, remova o sudo e instalar usando o ROOT mesmo:
Passo 2 – Agora vamos executar o comando para instalar o Plume no Debian e derivados:

sudo snap install plume –beta
É isso, esperamos ter ajudado você a instalar o Plume no Linux!

FONTE: Blog SempreUpdate
(Meus agradecimentos a este website que proporciona sempre novidades!)