Como a Huawei espera vender a nova linha Mate fora da China sem os serviços do Google?

Como a Huawei espera vender a nova linha Mate fora da China sem os serviços do Google?O desafio está lançado: como a Huawei espera vender a nova linha Mate fora da China sem os serviços do Google? Como todos sabemos, a guerra comercial entre os chineses e os Estados Unidos continua, com desdobramentos principalmente em relação à maior empresa de tecnologia chinesa.
Assim, a Huawei aproveitou e fez uma série de atualizações de sua linha Mate, incluindo o Mate XS, um telefone dobrável, o tablet MatePad Pro e o MateBook X Pro. O problema é que os serviços do Google não são incluídos nos dispositivos, o que pode desagradar muitos usuários.

Como a Huawei espera vender a nova linha Mate fora da China sem os serviços do Google?

Como a Huawei espera vender a nova linha Mate fora da China sem os serviços do Google?Imagem: Reprodução | Tech Spot.
Os dispositivos Huawei não estarão disponíveis nos EUA. Porém, a linha Mate mostra como a Huawei está usando o Android, seus mais recentes processadores Kirin, conectividade 5G e vantagens que podem agradar na Europa e também em outros lugares. Dispositivos como o novo MatePad Pro, um tablet de 10,8 polegadas e que foi desenvolvido para bater de frente com o iPad Pro da Apple e uma atualização para o dispositivo dobrável Mate X da Huawei já virão sem nada do Google neles.
O Google já avisou que a Huawei está proibida de usar o Gmail, Maps, YouTube, Play Store e outros aplicativos para pré-carregamento ou download nos dispositivos. Huawei e Google só podem trabalhar juntos para oferecer suporte a dispositivos Huawei disponíveis ao público até antes de 16 de maio de 2019.
Com o lançamento, começa uma grande experiência sobre se a falta de serviços do Google é um fator determinante para a Huawei. O estrategista de tecnologia da Wedbush, Brad Gastwirth, observou que a sorte da Huawei aumentará principalmente sob demanda na China daqui para frente.
O laptop da Huawei, um MateBook X Pro atualizado, é executado no Windows 10 e possui uma tela de 13,9 polegadas e os mais recentes processadores Intel.
ZDNet

FONTE: Blog SempreUpdate
Meu agradecimento pelas excelentes publicações!