Camille Loyo Faria assume diretoria financeira da TIM

A executiva Camille Loyo de Faria, que ontem saiu da Oi, já está de casa nova. Ela foi contratada pela TIM para ocupar os cargos de diretora financeira e de diretora de relações com investidores a partir de amanhã, 1º de setembro.

Ela foi eleita pelo conselho de administração da operadora em reunião ocorrida na manhã desta terça, 31. Faria ficará no cargo, pelo menos, até a próxima reunião de acionistas da TIM, em 2022. Ela substitui Adrian Calazza, que deixa o grupo para assumir o comando de uma empresa na Argentina.

A diretoria estatutária da TIM passa a ser formada, então, por Pietro Labriola (presidente), Faria (CFO), Bruno Gentil (diretor de suporte aos negócios), Mario Girasole (diretor de regulatório e relações institucionais), Jaques Horn (diretor jurídico), Leonardo Capdeville (diretor de tecnologia e tecnologia da informação), Alberto Griselli, diretor de receitas, e Maria Antonietta Russo (diretora de recursos humanos).

No posto, Camille Faria terá autonomia para operar contratos de até R$ 50 milhões, assim como o CEO Pietro Labriola.  Ela terá ainda orçamento para a área de finanças de R$ 10 milhões. Ela poderá representar a empresa legalmente é operações financeiras, como tomada de financiamento, empréstimos, emissões, investimento ou desinvestimentos etc. Os demais diretores estatutários têm autonomia para selar contratos de até R$ 10 milhões.

FONTE: TeleSíntese
(Acesse o website do autor da publicação para mais detalhes)