Camille Faria e Bernardo Winik deixam a Oi

A Oi informou na noite desta segunda-feira, 30, mudanças em seu comando. A diretora de finanças e relações com investidores, Camille Loyo Faria (foto) deixou a empresa. A executiva foi uma das responsáveis pro estruturar o plano de separação em unidades produtivas da empresa para venda em leilões judiciais.

Ela também teve papel decisivo em negociações com credores para a aprovação do aditamento ao plano de recuperação judicial do grupo, e em operações de captação de recursos. O CEO Rodrigo Abreu vai acumular as funções de Faria de modo interino, até que novo executivo seja nomeado.

Bernardo Kos Winik, então diretor de clientes e diretor estatutário da Oi, também sai do grupo. Winik foi um dos responsáveis pela renovação comercial da Oi em meio à recuperação judicial, em que a empresa passou a focar cada vez mais a banda larga por fibra.

O cargo de Winik deixa de existir, segundo o comunicado enviado à CVM pela Oi, como parte da simplificação da companhia. No lugar, haverá duas lideranças para os segmentos Consumidor/Empresarial e Oi Soluções. Estes passam a ser ocupados pelos diretores não estatutários Roberto Guenzburger e Adriana Coutinho Viali, que se reportam agora diretamente a Abreu.

“A Companhia expressa seu agradecimento à Sra. Camille Loyo Faria e ao Sr. Bernardo Kos Winik por sua dedicação e entrega, reconhecendo as contribuições e resultados significativos atingidos neste período, em particular quanto ao cumprimento de relevantes etapas na transformação da Companhia, permitindo que a mesma possa seguir de maneira bem-sucedida com seu plano estratégico”, afirma a Oi no comunicado.

FONTE: TeleSíntese
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!