Brisanet fechou 2021 com 220 mil novos assinantes, crescimento de 35%

Brisanet fechou 2021 com 220 mil novos assinantes, crescimento de 35%
Crédito: Divulgação Brisanet

A Brisanet fechou 2021 com crescimento de 35% da base de assinantes. Segundo a empresa divulgou na noite de quarta-feira, 12, de janeiro a dezembro houve adesão de quase 220 mil clientes aos serviços do grupo. Com isso, a empresa chegou a 843 mil assinantes.

“O cenário brasileiro de recessão e de inflação elevada tem impactado o poder de compra das classes C, D e E que são, por enquanto, o maior público da Companhia. Não fosse esse agravante, o crescimento poderia ter sido maior”, afirma a empresa em comunicado ao mercado.

A operadora atende a clientes de sete estados do Nordeste – Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Piauí e Sergipe. O cabeamento de fibra da Brisanet passa em frente de 4,5 milhões de domicílios, em 120 cidades de 8 estados da região, incluindo o Maranhão.

Além dos números ligados à telecom nordestina, existe ainda o crescimento da rede de franquias do Grupo, a Agility Telecom. Com 94 franqueados, a empresa fornece serviços a mais de 190 mil clientes em 5 estados do Nordeste – Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Alagoas –, passando em frente de mais 800 mil domicílios.

Considerando as duas bases, o Grupo Brisanet atende a quase 1,1 milhão de clientes nos estados do NE, com 33% de market-share em fibra.

Considerando apenas o mês de dezembro, a companhia diz que a expansão foi mais lenta que o previsto. “O crescimento orgânico da base de clientes em dezembro foi de 18,5 mil, e ficou abaixo do inicialmente estimado, mas de certa forma em linha com os atrasos na esteira de produção de expansão de fibra óptica, já que existe um período de tempo entre adicionar a infraestrutura e o início de faturamento do cliente”, informou.

A empresa também traçou previsões para a expansão de sua rede. Diz que a cobertura de prédios em Maceió será concluída no terceiro trimestre deste ano. Em Teresina e Aracaju, a chegada dos cabos aos edifícios verticais terminou em dezembro, e as adições serão registradas a partir deste mês. Em Fortaleza, a passagem dos cabos por áreas horizontais (casas) termina este ano, enquanto a conexão de prédios será feita até o final de 2023.

FONTE: TeleSíntese
Mais uma vez, agradecemos aos autores originais desta publicação.