BC avança na ideia de criação do real digital

O real digital pode ampliar a inclusão financeira e diminuir custos e tempo de pagamentos, a partir da extensão da moeda brasileira para os meios eletrônicos. A opinião é do diretor de Organização do Sistema Financeiro e Resolução do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello. Para ele, a CBDC, como está sendo chamada a moeda digital do Banco Central, a partir da sigla de Central Bank Digital Currency, precisa ter um desenho capaz de proporcionar maiores eficiência e transparência para as transações no sistema do financeiro, beneficiando o comércio e os consumidores.

Leia a notícia completa no Digital Money Informe

FONTE: TeleSíntese
(Excelente website de notícias! Recomendo!)