Banda larga fixa cresce em julho e velocidade dispara

Image by Tomislav Jakupec from Pixabay

O Brasil fechou julho com 34,2 milhões de acessos à internet em banda larga fixa, com adição de 80 mil novos assinantes. Enquanto as grandes operadoras apresentaram ligeira queda, de 22,25 milhões em junho para 22,24 milhões em julho, entre as prestadoras de pequeno porte foi o contrário: passaram 11,84 milhões para 11,93 milhões no período.

Os acessos em fibra também aumentaram de 13,1 milhões em junho, para 13,6 milhões em julho. Em janeiro, eram 10,6 milhões de acessos na tecnologia.

Os números da Anatel confirmam o cenário com que as operadoras passaram a conviver: a pandemia elevou a procura por planos de maior velocidade. Em janeiro, os planos com mais de 34 Mbps eram 14,1 milhões, chegando a julho com 17,5 milhões, meio milhão a mais que no mês anterior.

Entre as operadoras de grande porte, a Claro se destaca com 9,8 milhões, com ligeiro crescimento. Entre as PPPs, o destaque vai para a Brisanet, que superou a marca de meio milhão de assinantes.

Quase metade dos acessos via ISPs tinham velocidade acima de 34 Mbps (5,1 milhões). Em janeiro, esse número era de 3,6 milhões. Em relação a tecnologia, 8,1 milhões dos 11,9 milhões de assinantes das PPPs eram atendidos por fibra óptica.

FONTE: TeleSíntese
Aproveito a oportunidade para renovar meus protestos de respeito e consideração aos autores da publicação original.