AT&T tenta vender a Directv por uma fração do que pagou há cinco anos

A AT&T colocou a Directv à venda. O grupo iniciou a prospecção de interessados no mercado, mas não recebeu bons lances, segundo o jornal New York Post. Até o momento, as ofertas não chegaram a um terço do valor pago pela própria AT&T pelo ativo em 2015. Na época, o negócio movimentou US$ 49 bilhões.

A Directv é o braço de TV paga da AT&T. Além de atender o mercado norte-americano, tem forte presença na América Latina, inclusive no Brasil, onde usa a marca Sky e opera sob a holding Vrio.

Embora as propostas recebidas sejam todas baixas, o jornal afirma que o conglomerado de telecomunicações tem pressa e deve vender mesmo por valor abaixo do que pagou em 2015. Uma segunda rodada de negociações foi realizada na última semana, depois que a primeira resultou em ofertas equivalentes a 3,5 vezes o EBITDA (lucro antes de impostos, juros, depreciações e amortizações), que é da ordem de US$ 4,5 bilhões.

Entre os interessados estaria o fundo Apollo Global Management, que já tem capital em empresas de telecomunicações como Intelsat, Charter, e de mídia, como a Endemol (criadora do Big Brother). Este teria oferecido US$ 15,75 bilhões pela Directv. Outro potencial comprador seria o fundo Platinum Equity Partners. (Com noticiário internacional)

FONTE: TeleSíntese
Agradecimentos aos autores originais desta publicação! Até a próxima!