Associações de telecom lançam guia para combater desinformação sobre 5G na Europa

associações

Após ataques ao setor de telecomunicações devido à desinformação sobre a 5G, as associações ETNO e GSMA lançaram um guia (aqui) para esclarecer informações sobre a rede de quinta geração. O objetivo é “ajudar comunidades locais na Europa a ver os benefícios econômicos e sociais da próxima geração de tecnologia móvel”. Além disso, busca quebrar mitos relacionados aos impactos ambientais e segurança da 5G.

Segundo as associações, desde que o coronavírus começou a se espalhar pela Europa, houveram mais de 288 ataques incendiários a antenas. As organizações também registraram episódios de violência contra funcionários do setor de telecom em 13 países europeus. Apenas nos primeiros três meses deste ano, ocorreram 30 ataques contra os trabalhadores.  Em abril de 2020, passou a circular na Europa uma notícia falsa de que a 5G seria responsável pela disseminação do coronavírus.

O guia reúne informações sobre a 5G comprovadas por autoridades de saúde nacionais e internacionais, bem como dados de estudos econômicos. Também traz exemplos de uso da tecnologia 5G em nove países do continente, que vão de construção precisa de navios na Espanha a universidades inteligentes na Estônia. Uma delas também diz respeito a indicação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de a exposição causada pela 5G está abaixo dos limites internacionais e, portanto, não prejudica a saúde pública.

A 5G já está disponível em 30 países da Europa a partir de quase 84 operadoras. Já o guia foi produzido em quatro idiomas diferentes, inglês, francês, italiano e espanhol e deverá ter novas versões em outras línguas praticadas no continente. (Com assessoria de imprensa)

FONTE: TeleSíntese
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!