Arm anuncia uma nova geração de CPUs de 64 bits

Arm anuncia uma nova geração de CPUs de 64 bitsA Arm anunciou que está trabalhando em uma nova geração de CPUs de 64 bits que oferecerão um aumento de 30% no desempenho em comparação com os sistemas Cortex-A78 atuais. De acordo com a empresa, os novos processadores são projetados para aumentar o poder de computação bruta e o desempenho geral.
A Arm destaca que os atuais requisitos de chip móvel têm alguns empecilhos devido ao uso crescente de poder de processamento localizado. Esta desvantagem aumenta a necessidade de plataformas de chips de 64 bits mais robustas.

Arm anuncia uma geração de CPUs de 64 bits

Os sistemas de 64 bits são geralmente mais eficientes e responsivos em comparação com as arquiteturas de 32 bits. Como tal, eles são essenciais para tarefas de computação com uso intensivo de CPU, como Inteligência Artificial, Realidade Estendida e aplicativos de jogos envolventes.
Arm anuncia uma nova geração de CPUs de 64 bitsA Arm anunciou que está trabalhando em uma nova geração de CPUs de 64 bits que oferecerão um aumento de 30% no desempenho em comparação com os sistemas Cortex-A78 atuais. Imagem: Arm.
A arquitetura de chip de 64 bits da Arm para dispositivos móveis deve ser realizada até 2023. A mudança para sistemas de 64 bits está em sintonia com as tendências. Por exemplo, o Google exigiu que os aplicativos enviados ao Google Play tenham compatibilidade 64 bits.
A Arm também anunciou que a nova geração de CPUs Total Compute e Matterhorn terá um novo recurso de prevenção de exploit chamado Memory Tagging Extension (MTE). Ele previne quebras de segurança do subsistema de memória por meio de detecção mais rápida e proteções de protocolo aprimoradas.
Esta é uma adição única devido à grande complexidade de impedir malware de direcionamento à memória. Amplamente conhecido como “fileless malware”, essa classe de software malicioso se incorpora ao sistema ROM e é excepcionalmente difícil de detectar (muitas ferramentas antimalware convencionais falham nessa tarefa).
Fonte: Tech Spot
CEO da Nvidia diz que ARM precisa ser uma ampla plataforma de computação

ARM vive fase de incertezas após compra pela Nvidia

NVIDIA compra a Arm por US$ 40 bilhões

FONTE: Blog SempreUpdate
Aproveito a oportunidade para renovar meus protestos de respeito e consideração aos autores da publicação original.