Anatel tenta convencer Aneel a uma “ocupação racional e eficiente” dos postes

Impasse em relação aos postes envolve preço e compartilhamento do uso - crédito: divulgação
Impasse em relação aos postes envolve preço e compartilhamento do uso – crédito: divulgação

O impasse sobre o uso dos postes acabou virando um dos temas do painel “O leilão do 5G: os novos serviços para a população e empresas”, nesta quarta, 27, no INOVAtic. Participaram Emmanoel Campelo, conselheiro da Anatel; e Cristiane Sanches, conselheira da Abrint. Durante sua fala, Campelo citou o impasse nacional em relação ao uso de postes e apresentou propostas.

“O problema nos postes é que tem dois atores – Anatel e Aneel -, e cada um tem seus interesses”, disse Campelo.

“A questão do preço é um problema sério. Concessionárias colocavam preço que inviabilizava a colocação de rede por novos provedores. Tem que haver um esforço de convencimento. A Aneel até tem tido boa vontade, mas encontra resistência interna”, falou o conselheiro.

Ele concluiu dizendo que “deveria ter fiscalização rigorosa para quem usa o poste de forma irregular”.

Em junho de 2021, Anatel e Aneel já haviam conversado sobre a ideia de ter uma administradora para solucionar o impasse em relação aos postes.

Cristiane Sanches também falou sobre a questão. “Um passo importante é um acordo factível para compartilhamento de uso de postes. Precisa ter equilíbrio e preço justos nessa relação.”

O INOVAtic, evento promovido pelo Tele.Síntese, foi realizado durante os dias 25 a 27 de Outubro.

 

FONTE: TeleSíntese
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!