Anatel dá aval para Claro criar empresa de torres

 

O Conselho Diretor da Anatel deu aval prévio para nova operação societária do Grupo América Móvil no Brasil. Desta vez, a Claro vai incorporar a Americel com aumento do capital resultante dos ativos de torres. Em seguida, a Claro será cindida parcialmente para criar a Newco, empresa de infraestrutura passiva, com redução proporcional do capital social. A operação não prevê alteração de comando societário nem transferência de bens reversíveis. 

Os ativos de torres estão avaliados em R$ 23,5 milhões, valor que pode ser reduzido em função da depreciação, uma vez que a operação somente será concretizada após a conclusão da reestruturação interna referente à operação móvel. O processo foi retardado em decorrência dos entraves impostos pela pandemia do novo coronavírus. 

Segundo a Claro, a Newco não prestará serviço de telecomunicações, será destinada exclusivamente à exploração de infraestrutura passiva de torres. As empresas informam que tal movimento tem por objetivo garantir a eficiência operacional e financeira do Grupo Claro na prestação de seus serviços. 

A Americel atuava  nos estados do Acre, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins operando na Banda B com tecnologia TDMA.  e foi comprada pela Claro em 2003.

A anuência prévia foi aprovada por unanimidade dos conselheiros da Anatel.

FONTE: TeleSíntese
Para mais detalhes, acesse o website da publicação original.