Algorítimos para concessão de crédito foram recalibrados, afirma SAS

A recessão econômica agravada pela pandemia modificou o comportamento do consumidor brasileiro e obrigou instituições financeiras a recalibrarem seus algoritmos de análise para concessão de crédito, relatou Luiz Malere, gerente de customer advisor e inovação da SAS Brasil, durante o 5×5 TecSummit, nesta quinta-feira, 10.

Houve uma mudança no perfil do consumidor médio, com muita gente se tornando um microempreendedor. “Notamos essa tendência. Então tivemos que testar novas hipóteses e recalibrar os modelos de concessão de crédito”, disse Malere. 

O executivo usou como exemplo uma situação bastante comum: a de pessoas que tiveram muitos anos de estabilidade, com um salário fixo, e que de repente não têm mais uma entrada regular mensal de dinheiro em sua conta. “O que posso levar em consideração para conceder crédito a essa pessoa? Posso avaliar se ela é uma investidora disciplinada? Se tem reservas? Seu grau de instrução? Os cientistas de dados começaram a testar novas hipóteses, o que envolveu a escolha de novas variáveis”, contou. O Pix e o open banking vão ajudar nesse processo, pois fornecerão mais informações a serem analisadas durante a análise de crédito, lembrou Malere.

Ele comentou também que a pandemia fez aumentar as tentativas de fraude em serviços financeiros e destacou a importância de incorporar um sistema antifraude no processo de cadastro de novos clientes.

5×5 TecSummit

5×5 TecSummit é um evento online organizado nesta semana em uma parceria de cinco sites de jornalismo especializado em TI e telecom: Convergência Digital, Mobile Time, Tele.síntese, Teletime e TI Inside. O seminário discute tendências em tecnologia em cinco verticais: governo, saúde, energia, finanças e entretenimento. Nesta sexta-feira, 11, o 5×5 TecSummit debaterá inovações no setor de entretenimento.

FONTE: TeleSíntese
Meu agradecimento pelas excelentes publicações!