Algar Telecom pede para cortar serviço de inadimplente em cinco dias

By Pixabay

Terminou a consulta pública da Anatel para o novo Regulamento Geral de Direitos do Consumidor de Serviços de Telecomunicações, para a qual foram apresentadas mais de 300 contribuições. A Algar Telecom foi uma das empresas a contribuir com sugestões. A operadora elogiou as propostas formuladas pela agência, e também fez várias novas propostas de mudanças.

Entre elas,  reivindica à Anatel poder  cortar os serviços dos usuários inadimplentes bem mais cedo do que o permitido atualmente, cujo prazo é de 30 dias. Conforme a Algar, ” o prazo para a suspensão por inadimplência deveria ser ajustado para 5 dias após a notificação, pois isso já gera o alerta e a motivação para o consumidor buscar a quitação do serviço contratado em período adequado e razoável”.

Fidelização 

A empresa sugere também que a Anatel permita que as operadoras tenham planos com contratos de fidelização maior do que os atuais 12 meses. Conforme a Algar, há “muitos empreendedores pessoas jurídicas que realizam a contratação e fidelização como pessoas físicas”.

Para a operadora, três são as mudanças propostas pela Anatel que trarão impactos positivos ao mercado:

  • O incentivo e ampliação do uso de  meios digitais, tanto para atendimento quanto para fruição, cobrança, oferta e contratação, podendo-se apontar a possibilidade de contratação e atendimento exclusivamente por meio digital, mediante benefícios para o consumidor;
  • Revisão da atual obrigação de atendimento presencial, que elimina os quantitativos específicos de Setores de Atendimento Presencial para as empresas de celular e de telefonia fixa;
  • Atualização das regras de suspensão de serviço em caso de inadimplência.

O post Algar Telecom pede para cortar serviço de inadimplente em cinco dias apareceu primeiro em TeleSíntese.

FONTE: Dicas e Soluções em TI
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!