Adiado lançamento do satélite SES-17

Satélite SES-17 durante sua construção (Foto: Divulgação)
Satélite SES-17 durante sua construção (Foto: Divulgação)

A Arianespace adiou o lançamento do foguete Ariane 5 nesta sexta, 22. O veículo sairia da estação de Kourou, na Guiana Francesa, e colocaria em órbita o satélite SES-17, a empresa SES, e o satélite do governo francês Siracuse 4A.

Segundo a empresa, o voo foi cancelado em função de checagens adicionais nos equipamentos de solo de apoio ao lançamento. Uma nova data para o lançamento ainda será definida.

A companhia diz ainda que os problemas identificados e que levaram ao cancelamento de hoje não têm relação com o veículo Ariane 5 e que os satélites SES-17 e Syracuse 4A estão seguros e intactos na base de lançamento.

Colocar estes dois satélites em órbita, ao mesmo tempo, é um desafio, daí tanta cautela. Ambos são artefatos de grande porte, geoestacionários. Ao todo, o Ariane 5 vai carregar 10,2 toneladas. O foguete precisou ser adaptado e tem 1,5 metro a mais de altura que modelos equivalentes anteriores. Nunca um lançador europeu fez um voo tão carregado ao espaço.

O SES-17 é um satélite de banda Ka da SES, que será utilizado para conexão de dados para clientes em diversos setores, incluindo telecomunicações, aviação, navegação, governo e energia. Depois de colocado no espaço, a previsão é que passe a operar comercialmente na metade do ano que vem.

FONTE: TeleSíntese
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!