Acessos por fibra óptica já são 40% da banda larga fixa brasileira

fiber optics background 3d image

O serviço de banda larga fixa manteve-se estável em julho em relação a junho de 2020, atingindo 34,2 milhões de acessos, dos quais 39,9% são acessos por fibra óptica. A telefonia móvel subiu de 225,2 milhões de acessos em junho para 225,3 milhões, com 71,6% de assinantes na tecnologia 4G. A telefonia fixa caiu de 31,5 milhões de acessos em junho para 31,2 milhões em julho. A TV por assinatura ficou estável em 15,2 milhões de acessos. Com isso, o setor de telecomunicações fechou julho de 2020 com 305,9 milhões de acessos.

Na banda larga fixa, a Claro mantém a liderança com 28,6% de market share, seguida pela Vivo com 19,3% e pela Oi com 14,6%. A Vivo mantém a liderança na telefonia móvel com participação de 33,3%, seguida pela Claro com 24,6% e pela TIM, com 23,0%. A Claro lidera o segmento de TV por assinatura com market share de 48,2%. Na segunda posição, a Sky/AT&T apresenta participação de 30,7%; e na terceira, a Oi mantém 10,1% e a Vivo, na quarta, com 8,4%.

Na telefonia fixa, os acessos de autorizatárias já representam 46,2% aproximando-se das concessionárias, que somam 53,8%. A Oi na liderança com 31,1% de
participação. Em segundo, a Vivo soma 30,6% e a Claro, em terceiro, está próxima, com 29,4%.

FONTE: TeleSíntese
Meu agradecimento pelas excelentes publicações!