OneWeb, concorrente da SpaceX, prepara satélites de internet para lançamento

OneWeb, concorrente da SpaceX, prepara satélites de internet para lançamentoA OneWeb, uma startup com forte financiamento que se propõe a criar uma constelação de satélites de internet para fornecer banda larga a partir do espaço, está finalmente se preparando para o primeiro de uma série de lançamentos mensais regulares ao longo de 2020 e além.
A empresa com sede em Londres, fundada em 2012, é uma das várias organizações que lutam para comercializar a órbita terrestre baixa (LEO) através do fornecimento de internet de alta velocidade, semelhante à fibra, a partir de mais de 600 satélites. Embora a infraestrutura ajude as empresas de telecomunicações e internet a estender sua cobertura a áreas difíceis de alcançar, também garante cobertura sempre ativa durante desastres naturais e permitirá novas tecnologias que estão surgindo.

OneWeb prepara satélites de internet

A OneWeb lançou 6 microssatélites em fevereiro passado. Essa incursão inicial lançou as bases para seus primeiros lançamentos verdadeiros, originalmente programados para dezembro. O prazo auto-imposto caiu para meados do final de janeiro, mas agora a empresa confirmou o grande dia para o início de fevereiro.
Ártico

A OneWeb já deu uma olhada nos tipos de serviços que sua infraestrutura permitirá. Em setembro, revelou que seu primeiro serviço comercial será voltado para a região do Ártico. Quando ficar operacional, a OneWeb promete 375 Gbps de capacidade para todas as áreas acima dos 60º ao norte, um círculo de latitude 60 graus ao norte do Equador que abrange a América do Norte, Europa e Ásia.
lançou mais uma parcela de satélites em órbita após seu lote inicial em maio passado. Agora a SpaceX tem cerca de 240 satélites da rede Starlink no espaço. Ainda mais, a Amazon está planejando uma rede de satélites de órbita baixa, embora ainda não tenha anunciado uma escala de tempo. Por fim, a Apple supostamente está nos estágios iniciais de um programa semelhante.
A OneWeb disse que está planejando suas primeiras demonstrações até o final de 2020, trazendo serviços comerciais completos em 2021.
Fonte: Venture Beat

FONTE: Blog SempreUpdate
Por mais esta excelente publicação, agradecemos.