Mitchell Baker se torna oficialmente CEO da Mozilla

mitchell-baker-se-torna-oficialmente-ceo-da-mozillaA aquisição diária de Mitchell Baker dos negócios diários da Mozilla Corporation tornou-se permanente. O CEO de 61 anos da Mozilla Foundation, de alto nível, liderava o negócio de maneira provisória após a saída do CEO anterior Chris Beard.
O Conselho de Administração da Mozilla Corporation anunciou agora que Mitchell Baker foi nomeado permanentemente como CEO. Mitchell Baker dirigia as operações diárias desde agosto e foi oficialmente nomeado CEO interino em dezembro. Desde então, a Mozilla procurou oficialmente um novo CEO externamente, mas isso não teve êxito.
Mitchell Baker não espera um trabalho fácil. O principal produto Firefox está perdendo participação de mercado permanentemente e ficou recentemente atrás do navegador de ponta da Microsoft, pelo menos após as medições do Netmarketshare. Novas ofertas, como serviços de DNS, ainda são de pouca utilidade. A Mozilla anunciou demissões em janeiro e reportou um sinal negativo no relatório anual de 2018.
Assim, a Mozilla visa emplacar seus serviços no decorrer dos próximos meses tendo alguns planos ambiciosos para longo prazo. Além disso, a empresa também quer resolver alguns problemas internos graves girando em torno da aceitação de casais homoafetivos.
Por ora, o novo CEO deve assumir os desafios em torno do serviços da companhia. Vale lembrar que a Mozilla Corp. que tem sua base em Mountain View é uma subsidiária da Mozilla Foundation cujo foco é desenvolver o famoso navegador Firefox e ao mesmo tempo um conjunto de aplicativos e criar serviços.
Agora, a Mozilla Corp. segue com planos mesmo em meio ao coronavírus. Além disso, o Mozilla Firefox já possui grandes concorrentes, o que tem feito a empresa focar em serviços e novidades, afinal de contas já temos por aí uma batalha entre navegadores.
Em uma publicação, Baker disse:
É um momento de desafio em muitos níveis, não há dúvida sobre isso. O principal produto da Mozilla permanece excelente, mas a concorrência é forte. A crescente integração vertical da experiência na Internet continua sendo um grande desafio. É também um momento de necessidade e de oportunidade. Cada vez mais, um número de pessoas reconhece que a internet precisa de atenção.
O Mozilla Firefox é conhecido pelo seu alto comprometimento com a privacidade, garantindo a segurança de dados de seus usuários. Por tanto, ainda são tecidas críticas ao Chromium por ser um navegador na constante mira de hackers ao redor do mundo.
Mas, Baker ainda fez críticas endossando o que a Mozilla diz ao respeito da Microsoft ter escolhido como base o Chromium e não o seu Firefox, eles dizem que a Microsoft esta colocando muito poder nas mãos do Google.
Agora, a empresa segue com promoções sobre serviços, mostrando aos usuários o seu comprometimento em torno da proteção de seus usuários. Assim, Baker segue com um grande desafio, especialmente agora que o Microsoft Edge baseado no Chromium está colado com o Firefox em termos de popularidade e número de instalações ativas.

FONTE: Blog SempreUpdate
(Acesse o website do autor da publicação para mais detalhes)