Hacker rouba código fonte da AMD!

hacker-rouba-codigo-fonte-da-amdAcaba de ser divulgado pela AMD a confirmação de que houve o roubo de código fonte de seus produtos. Mas, empresa esclarece que não foram de todos os produtos como se imagina, o hacker roubou apenas de alguns produtos.
Agora, o cracker(hacker mal intencionado) quer ser bem pago para que os códigos da empresa não venha à publico. Segundo informações, o código é de algumas GPUs relevantes da AMD. O hacker usa o nome de “Palesa”.
Já o Palesa disse que possui o código fonte de toda arquitetura Navi 10, que é usado em algumas placas gráficas como as da série Radeon RX 5000, a próxima Navi 21 e Arden. Para quem não conhece, Arden é o nome de código das GPUs que estarão sendo comercializadas nos próximos modelos de console Xbox Series X da Microsoft.
A informação foi dita ao site SecurityWeek que conversou com o hacker e contou que obteve o código através dos próprios servidores da AMD, e não de terceiros. No entanto, o Palesa já deixou claro que vai fazer quase como um leilão.
Desta forma, se a AMD ou outra pessoa que pagar bem pelo código ele vai vender. Mas, segundo o hacker, ele já recebeu ótimas ofertas em bitcoin para ter acesso aos arquivos do código fonte AMD. Assim, os valores já estão entre US$ 50.000 e US$ 100.000, mas nenhuma dessas ofertas vieram da AMD.
A AMD em sua declaração publicada em seu site conta que realmente o código fonte roubado são de produtos atuais e também de alguns que ainda nem foram lançados. Mas, o roubo não é recente, segundo a empresa, eles foram contatados por alguém em dezembro de 2019.
E para provar que não está para brincadeira, o hacker que roubou o código fonte dos produtos AMD, liberou alguns códigos no GitHub. No entanto, devido a gravidade do problema em questão, houve um pedido de remoção através de DMCA arquivada pela AMD.
hacker-rouba-codigo-fonte-da-amd
Embora estejamos cientes de que o autor possui arquivos adicionais que não foram tornados públicos, acreditamos que o IP de gráficos roubados não é essencial para a competitividade ou a segurança de nossos produtos gráficos. Não temos conhecimento do agressor que possui outro IP da AMD, afirmou a AMD.
Estamos trabalhando em estreita colaboração com as autoridades policiais e outros especialistas como parte de uma investigação criminal em andamento, acrescentou a empresa.
Por ora, a AMD não quis dar mais detalhes sobre o roubo do código fonte.

FONTE: Blog SempreUpdate
Nossos sinceros agradecimentos aos autores da publicação!