Conheça o trabalho em torno do Xfce 4.16

Conheça o trabalho em torno do Xfce 4.16Há alguns meses, mais precisamente desde outubro do ano passado, foi divulgado que o ambiente de trabalho Xfce 4.16 está planejando abandonar o suporte ao GTK2. Assim, ele passaria a explorar novas metas para atrair cada vez mais usuários, além de satisfazer demandas dos já existentes. O trabalho em cima do Xfce 4.16 pelo menos desde agosto de 2019. No entanto, este leve ambiente de desktop só deve estrear mesmo no final deste ano, se não houver atrasos significativos no desenvolvimento.
O objetivo do Xfce 4.16 de usar novos ‘visuais’ voltados ao interesse do cliente e, em particular, o GTK3 GtkHeaderBar parece estar fazendo um bom progresso.

Conheça o trabalho em torno do Xfce 4.16

O desenvolvedor do Xfce, Simon Steinbeiß, divulgou uma nova informação na última segunda-feira. Segundo ele, além de caminharem bem com os lançamentos pontuais do Xfce 4.14, o suporte a CSD está se materializando. A biblioteca libxfce4ui para o Xfce 4.16 agora adotou o GtkHeaderBar como parte de seu suporte a CSD.
Simon também compartilhou nesta postagem de blog que o código de desenvolvimento do Xfce 4.16 possui uma caixa de diálogo “Sobre o Xfce” aprimorada. Portanto, exibe melhorias na caixa de diálogo. Além disso, o modo escuro do painel agora está ativado por padrão e muito mais.

Ele também falou sobre todo o trabalho de manutenção em torno da versão atual do Xfce:


Conheça o trabalho em torno do Xfce 4.16
Conheça o trabalho em torno do Xfce 4.16

Conforme prometido, estamos tentando ser muito melhores em lançamentos de manutenção para o Xfce 4.14. Em parte, tivemos dificuldade em fazer manutenção no Xfce 4.12 porque, com todo o trabalho de portabilidade, era difícil focar na correção de bugs do Gtk+2 e muitas correções de bugs não se aplicavam. Isso mudou agora e, como muitos bugs se aplicam às versões de desenvolvimento do Xfce 4.14 e 4.15 atuais, podemos corrigir muito mais facilmente o backport.
Veja os relatos sobre a evolução do ambiente no link do blog.

FONTE: Blog SempreUpdate
(Acesse o website do autor da publicação para mais detalhes)