B3 vai assessorar Londrina na venda da Sercomtel

Fachada da Sercomtel, em Londrina (Foto: Devanir Parra/Divulgação)

A B3 será responsável por assessorar a prefeitura de Londrina e a Sercomtel na formulação da minuta do edital de venda da empresa municipal. A companhia de telecomunicações enfrenta problemas financeiros e passa por processo de caducidade de outorgas na Anatel.

Juarez Tridapalli, secretário de governo, informou a vereadores nesta semana que a venda da participação municipal na empresa acontecerá através de leilão na bolsa de valores, em São Paulo.

“Na última sexta-feira concluímos a versão final do contrato que vamos firmar com a B3. A Secretaria de Gestão Pública vai elaborar o edital do leilão com o apoio da empresa. A expectativa é que a publicação do edital ocorra na primeira semana de setembro“, disse ele.

Cobertor curto

Antes disso, porém, a prefeitura pretende reforçar o caixa da estatal de telecomunicações com R$ 7 milhões, a fim de garantir continuidade das operações até dezembro, quando deve ocorrer a privatização.

O dinheiro virá da compra do controle das subsidiárias Sercomtel Contact Center e Sercomtel Iluminação. Esta compra depende de projeto de lei, que será entregue nos próximos dias à Câmara dos Vereadores da cidade. A medida é também um dos passos necessários para a privatização da Sercomtel.

O município já apresentou à Casa, na última semana, dois projetos que mudam as atribuições das subsidiárias. Um deles determina que a unidade de contact center passe a se chamar Companhia de Tecnologia e Desenvolvimento, cuide do canal 156, de atendimento ao cidadão, e da informatização dos processos da gestão municipal.

FONTE: TeleSíntese
Para mais detalhes, acesse o website da publicação original.